Encontro com o desenvolvimento tem mais de 630 inscritos

Mercado Brasil – Negócios

Fonte: Sebrae

Entre eles estão prefeitos e pré-candidatos às próximas eleições municipais; o evento busca incentivar o desenvolvimento com base nos pequenos negócios.

Mais de 630 pessoas já se inscreveram para o I Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável: pequenos negócios, qualidade ambiental urbana e erradicação da miséria. Entre os inscritos estão prefeitos, parlamentares, pré-candidatos às próximas eleições municipais, agentes de desenvolvimento, integrantes de entidades empresariais, estudantes e professores.

O encontro, que será realizado de 27 a 29 de março, em Brasília, é uma promoção da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) em parceria com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e Associação Brasileira de Municípios (ABM). A iniciativa tem o apoio do governo federal e do Sebrae. O presidente nacional da instituição, Luiz Barretto, participará da abertura do evento. Durante o evento, os futuros candidatos às eleições municipais deste ano serão incentivados a incluir em seus planos de ação o desenvolvimento com base nas micro e pequenas empresas e na formalização de empreendedores individuais.

“É preciso que os gestores públicos percebam que a dinamização dos pequenos negócios é uma oportunidade de desenvolvimento das economias locais”, explica um dos integrantes da comissão organizadora do encontro, Hélder Salomão, prefeito de Cariacica (ES). Ele foi vencedor, por duas vezes, do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, destacando-se por ações de incentivo à formalização de empreendedores individuais e à participação de pequenos negócios nas compras públicas, além de redução de tributos.

Leia também:  Redes Petro buscam maior visibilidade

O evento, que ocorrerá no Centro de Convenções e Eventos Brasil 21, contará com quatro painéis: Dinamização da economia local e oportunidades para os pequenos negócios; A gestão pública aliada do empreendedorismo; Qualidade ambiental urbana e desenvolvimento sustentável; Inclusão produtiva e geração de emprego e renda.

O gerente de Políticas Públicas do Sebrae, Bruno Quick, destaca a importância estratégica dos municípios na articulação e desenvolvimento de medidas de incentivo aos pequenos negócios. Lembra, por exemplo, que o município é a instância de governo mais próxima das empresas. “É no município que elas estão instaladas, e é ele o responsável por iniciativas fundamentais para esses negócios”, lembra. Entre os exemplos dessas ações, ele relaciona o alvará de funcionamento, a licença sanitária, o disciplinamento do uso do solo, a regulação do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e o Imposto sobre Serviços (ISS).

Na avaliação de Bruno Quick, o governo municipal também é essencial na promoção de melhorias para o segmento. “A prefeitura tem papel fundamental na articulação com instituições parceiras para o acesso dos micro e pequenos negócios ao crédito, programas de assistência técnica e de qualificação profissional, de inclusão do empreendedorismo no ensino, no estímulo ao associativismo e em iniciativas de acesso à tecnologia e à inovação”, exemplifica.

O gerente do Sebrae afirma que o encontro dos municípios é uma oportunidade para os candidatos às próximas eleições municipais “conhecerem caminhos e poderem apresentar propostas ou planos de governo de desenvolvimento com base nos pequenos negócios, de acordo com a realidade e as necessidades de seus municípios”.

Leia também:  Iniciativa reconhece empreendedoras de sucesso

Fonte: Sebrae

Entre eles estão prefeitos e pré-candidatos às próximas eleições municipais; o evento busca incentivar o desenvolvimento com base nos pequenos negócios.

Mais de 630 pessoas já se inscreveram para o I Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável: pequenos negócios, qualidade ambiental urbana e erradicação da miséria. Entre os inscritos estão prefeitos, parlamentares, pré-candidatos às próximas eleições municipais, agentes de desenvolvimento, integrantes de entidades empresariais, estudantes e professores.

O encontro, que será realizado de 27 a 29 de março, em Brasília, é uma promoção da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) em parceria com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e Associação Brasileira de Municípios (ABM). A iniciativa tem o apoio do governo federal e do Sebrae. O presidente nacional da instituição, Luiz Barretto, participará da abertura do evento. Durante o evento, os futuros candidatos às eleições municipais deste ano serão incentivados a incluir em seus planos de ação o desenvolvimento com base nas micro e pequenas empresas e na formalização de empreendedores individuais.

“É preciso que os gestores públicos percebam que a dinamização dos pequenos negócios é uma oportunidade de desenvolvimento das economias locais”, explica um dos integrantes da comissão organizadora do encontro, Hélder Salomão, prefeito de Cariacica (ES). Ele foi vencedor, por duas vezes, do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, destacando-se por ações de incentivo à formalização de empreendedores individuais e à participação de pequenos negócios nas compras públicas, além de redução de tributos.

O evento, que ocorrerá no Centro de Convenções e Eventos Brasil 21, contará com quatro painéis: Dinamização da economia local e oportunidades para os pequenos negócios; A gestão pública aliada do empreendedorismo; Qualidade ambiental urbana e desenvolvimento sustentável; Inclusão produtiva e geração de emprego e renda.

Leia também:  Havan espera vender mais de um milhão de ovos de chocolate antes da Páscoa

O gerente de Políticas Públicas do Sebrae, Bruno Quick, destaca a importância estratégica dos municípios na articulação e desenvolvimento de medidas de incentivo aos pequenos negócios. Lembra, por exemplo, que o município é a instância de governo mais próxima das empresas. “É no município que elas estão instaladas, e é ele o responsável por iniciativas fundamentais para esses negócios”, lembra. Entre os exemplos dessas ações, ele relaciona o alvará de funcionamento, a licença sanitária, o disciplinamento do uso do solo, a regulação do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e o Imposto sobre Serviços (ISS).

Na avaliação de Bruno Quick, o governo municipal também é essencial na promoção de melhorias para o segmento. “A prefeitura tem papel fundamental na articulação com instituições parceiras para o acesso dos micro e pequenos negócios ao crédito, programas de assistência técnica e de qualificação profissional, de inclusão do empreendedorismo no ensino, no estímulo ao associativismo e em iniciativas de acesso à tecnologia e à inovação”, exemplifica.

O gerente do Sebrae afirma que o encontro dos municípios é uma oportunidade para os candidatos às próximas eleições municipais “conhecerem caminhos e poderem apresentar propostas ou planos de governo de desenvolvimento com base nos pequenos negócios, de acordo com a realidade e as necessidades de seus municípios”.

Adicionar comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *