Especialistas da Ernst & Young Terco realizam seminário sobre demonstrações financeiras

Mercado Brasil – Negócios

Seminário  acontece nesta sexta-feira (16), em Florianópolis, e tem como objetivo alertar empresários sobre pontos críticos na elaboração das Demonstrações Financeiras.
Santa Catarina desponta como quinto Estado do país com maior número de empresas com capital aberto, que negociam ações na Bolsa de Valores. De acordo com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), 33 empresas catarinenses estão listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Em primeiro lugar, vem São Paulo, seguido de Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.
Para ingressar no mercado de capitais, no entanto, as organizações precisam expor sua situação patrimonial e desempenho financeiro por meio de demonstrações financeiras transparentes, objetivas e com claras explicações de suas atividades. Com esse objetivo, a Ernst & Young Terco, em parceria com o Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina (CRC-SC), realiza nesta sexta-feira (dia 16), em Florianópolis, um seminário para alertar sobre os pontos críticos das Demonstrações Financeiras de 2011. “Com a implantação de práticas contábeis internacionais (IFRS), a preparação de demonstrações financeiras pelas empresas tornou-se uma atividade complexa e que exige envolvimento de profissionais de diversas áreas de uma organização”, informa o sócio de auditoria da Ernst & Young Terco, Marcos Quintanilha. Em dezembro de 2007, a Lei 11.638 estabeleceu que todas as empresas brasileiras com mais de R$ 240 milhões de ativos ou mais de R$ 300 milhões de receita líquida devem ter suas demonstrações financeiras auditadas. A legislação levou as empresas de capital aberto a se adequar a normas internacionais previstas pelo IFRS (International Financial Reporting Standards) desde 2010.
Experiente em processos de Initial Public Offering (IPO), nome dado ao processo de abertura de capital pelas empresas no Brasil, Quintanilha aponta que o processo de preparação dessas demonstrações financeiras requer dos profissionais das áreas contábeis e financeira interação contínua com profissionais de diferentes áreas da empresa. “Parte do sucesso de uma empresa no processo de captação de recursos através do mercado de capitais depende da qualidade de suas demonstrações financeiras. Informações claras facilitam a avaliação dos investidores e analistas sobre as atividades e resultados da empresa, bem como possibilitam a geração de projeções que podem ser primordiais para a decisão de se investir na empresa”, assinala.
Quintanilha ressalta que os empresários precisam ficar atentos a alguns pontos na elaboração das demonstrações financeiras, como necessidade de capitalização de juros de empréstimos sobre obras em andamento, divulgação de informações por segmento, entre outros itens que passaram a ser melhor divulgados nas demonstrações financeiras.

Serviço

Palestra Ernst & Young Terco no CRC-SC
Data: 16 de março
Local: CRC-SC (Av. Osvaldo Rodrigues Cabral, 1900) – Florianópolis
Horário: 14h às 18h
Informações: (48) 3027-7000

Leia também:  Portal Posthaus firma parceria com Grupo Otto para ampliar atuação no e-commerce

Adicionar comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *